terça-feira, 13 de julho de 2010

Caso Bruno: Já se perguntou por que?


Oksana é ex-namorada do ator e diretor Mel Gibson. Ingrid Saldanha, ex-mulher do ator Kadu Moliterno. Mércia (advogada) e Eliza (modelo).
O que estas quatro mulheres têm em comum?
Vítimas da violência de seus companheiros.
Oksana e Ingrid estão vivas, mas Mércia e Eliza não tiveram a mesma sorte.
.
Nestes quatro casos, os homens tinham situação financeira estável e confortável e status social.
.
Por que um homem, sempre de força física superior à da mulher, julga-se no direito de agredí-la? Por que um companheiro acredita ter permissão para humilhar e torturar psicologicamente sua parceira?
Pergunto-me o seguinte: se todos ficamos putos e queremos "esganar" as pessoas que amamos em meio a uma briga ou discussão, por que a maioria não o faz de fato?
E por que esses caras vão até o final? Por que acham ter razão em agredir suas companheiras? Enfim, por que acreditam que a violência irá resolver qualquer questão que seja?
.
Quem são esses caras? Que criação tiveram em casa?
Como viam suas mães? Como seus pais tratavam suas mães? Que imagem construíram da mulher ao longo de seu crescimento? Que mensagem sobre a mulher e o feminino internalizaram nessa trajetória?
.
Não há que comentar sobre os casos que estamos vendo. São execráveis.
Mas se não começarmos a buscar entender como isso começa nesses homens, estaremos condenados a repetir essas tristes histórias indefinidamente.
.
Acredito que a resposta esteja na criação e na estrutura familiar.
Você já foi a um desses almoços de domingo em que no final, as mulheres (e só elas) se encarregam de limpar e arrumar tudo, enquanto os homens (meninos e adultos) continuam a conversar tranquilamente ou vão fazer outra coisa, sem que nada lhes seja pedido por ninguém?
Já viram garotos que não retiram da mesa nem o próprio prato, que não arrumam a própria cama, mas cujas irmãs têm que fazer tudo isso?!
Ok, isso não os transforma em futuros agressores de mulheres, obviamente. Mas a semente do machismo, da misogenia já foi plantada.
Como essa planta monstruosa crescerá naquele garoto?
Quem sabe prever o futuro?
Quem são os ídolos desses meninos?
E como as mulheres estão sendo retratadas na mídia? O que estamos ensinando às meninas?
.
Tudo isso deve ser repensado.
Estes quatro casos não foram episódios isolados.
Todos os dias há uma Maria que foi espancada, humilhada ou assassinada por um José (clique aqui para ler mais sobre isso).
.
Até quando?

Um comentário:

Victoria disse...

Se é so clicar, ja votei! boa sorte! bjuss