terça-feira, 22 de março de 2011

Que nome se dá a isso? (BBB)

Minha visão sobre o galã símeo inventado pela Globo. Sem salvação.

Uma da tarde. Chego, ligo a TV e parece que o pessoal do BBB ganhou um lanche ou algo assim.
Todos se refestelaram. Cena: Rodrigão está tentando há uns 20 minutos emplacar alguma música sertaneja e/ou de duplo sentido. Todos sorriem amarelo e disfarçam o evidente constrangimento. Rodrigão, agora, conversa com Daniel. Pede sua opinião, quer fazê-lo rir. Não tem sucesso. E olha que Daniel ri com facilidade.
Em meia hora de cena de mesa, seu assunto (de Rodrigo) girou em torno a sua imensa capacidade de comer. Comentou de uma marca de guaraná de sua infância.
Nada que Rodrigo diz é dotado de espírito, de graça. Há ali uma falta de talento para verbalizar que chega a doer. Vê-lo tentar contar uma história de sua infância a Wesley é uma vergonha alheia, tamanha falta de graça (da coisa em si) e vocabulário pobre e empesteado por expressões "tipo", "parada" "tá ligado?". Para não errar, Rodrigão vomita clichês e opiniões da típica classe média brasileira. Pronto, não tem erro. É pra um Rodrigão que a classe média entrega suas filhas virginais e histéricas. Pobres meninas...
Provavelmente, será ele a permanecer na casa hoje. Pesa-me assumir a saída de Diana, uma das participantes mais coerentes até hoje. Engraçada, inteligente, íntegra. Diana será trocada hoje por uma casca vazia, desprovida de conteúdo (Rodrigão). O encanto de um ser humano como Diana requer senso de humor e inteligência para ser apreciado. Sua saída diz mais sobre a audiência do que a permanência do símeo e bovino Rodrigão. Boa sorte a essa geração que o elegeu como modelo. Será necessária sorte pra qualquer coisa. E muita.
.
Ironia: Rodrigão se recolhe para dormir. Diana, Daniel e Maria embalam em um papo delicioso e engraçado de ouvir. Coisa boa, gente com charme, histórico, bagagem, humor. Tão bom. Um pouco vai acabar hoje com a saída de Diana. Gente chata não banca ver gente legal, é minha teoria.

Um comentário:

Let´s disse...

Nêga, Rodrigão saiu. Torcidas de Diana, Maria e Daniel se juntaram e conseguiram tirá-lo. Sim, as garotas da Capricho não são invencíveis.

Bjo