sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Porquice explícita

"Oi, sou um idiota e acho que posso espalhar lixo pelo mundo"


Não foi a primeira e nem será, infelizmente, a última vez que presencio cenas de porquice explícita no trânsito. Gente que se permite jogar lixo pela janela do carro. Como assim, porra?!
Sempre emparelho o carro e fico olhando com cara de poucos amigos. Se fico atrás, buzino e faço que não com a cabeça. Essa gente nem tchum. Tá nem aí pra nada.
Cadê guardinha pra multar essa merda? 
Como alguém se dá o direito de sujar as ruas assim? 
Esse é um dos motivos das enchentes e alagamentos em certas cidades: a porquice de seu povo, obstruindo vias de drenagem das águas.


Um comentário:

steinjes2010 disse...

Ju, eu me mordo de raiva dessas pessoas, sabia? Outro dia, o cara havia acabado de sair da casa e joga uma latinha no chão PQP! É MUITA FALTA de, né? A minha vontade é pegar o lixo dessas pessoas e jogar dentro de suas casas, assim qdo eles forem tomar banho, vai inundar somente a casa deles!